CONCURSO INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO

8º Concurso

1º Lugar - CATALOGAÇÃO, UMA FERRAMENTA PARA A LOGÍSTICA

Ministério da Defesa Secretaria de Logística e Mobilização.
A Catalogação consiste numa ferramenta de aplicação nos órgãos públicos federais que permite o uso de linguagem única de identificação de materiais que possa ser entendida e manipulada por qualquer sistema, desde que este conheça as regras da linguagem. Essa ferramenta, dentre outras utilidades, possibilita a execução de uma boa gestão de material, por meio da interação de todos os órgãos do governo, permitindo o apoio mútuo entre eles, e da nacionalização de itens importados, contribuindo para a redução de nossa dependência externa e para o incentivo à indústria nacional. A catalogação possibilita, ainda, a descoberta de utilização de itens comuns de material, a perfeita identificação de um item, a otimização do planejamento orçamentário e a redução do custo logístico dos órgãos por uma melhor compra, armazenagem, aplicação, destinação de excessos e otimização de estoques.

Responsável pela iniciativa
Nome: Major-Brigadeiro do Ar Antônio Hugo Pereira Chaves
Cargo: Diretor do Departamento de Logística
Endereço: Esplanada dos Ministérios Bloco Q 3° andar / Brasília – DF
Tel: (61) 312-4388 Fax: (71) 312-4391
e-mail: deplog01@defesa.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

2º Lugar - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO SUPORTE À GESTÃO EM CONTROLE DE INFECÇÕES HOSPITALARES

Hospital de Clínica de Porto Alegre – HCPA Administração Central.
O controle de infecções hospitalares (CIH) implica ações complexas e multifacetadas, representando um observatório privilegiado das práticas de gestão. Relata-se aqui o desenvolvimento de um ambiente de informações gerenciais no HCPA e seu impacto na instituição. A tecnologia da informação permitiu a criação de uma interface única e análise dos diferentes indicadores epidemiológicos de forma intuitiva. Foi desenvolvido um banco de dados orientados a assuntos que permitissem a visão multidimensional dos indicadores e a comparabilidade externa. Houve mudança no perfil de ação dos profissionais de CIH, não apenas através da redução do tempo e do trabalho gastos com a coleta exclusiva dos dados, mas principalmente pela intervenção direta junto aos processos assistenciais. Entre outros exemplos, houve redução nas taxas hiperendêmicas de infecção associadas à ventilação mecânica, com impacto sistêmico.

Responsável pela iniciativa>
Nome: Beatriz Graeff Santos Seligman
Cargo: Coordenadora da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar
Endereço: Rua Ramiro Barcelos, 2350 – 2° andar – Bairro Bom Fim Porto Alegre – RS / CEP 90035-903
Tel: ( 51) 3316-8644 Fax: ( 51) 3316-8001
e-mail: bseligman@hcpa.ufrgs.br

Clique aqui e veja iniciativa.

3º Lugar - REVISÃO DE PREÇOS ATRAVÉS DE INDICADORES DE MERCADO E PARÂMETROS DA LICITAÇÃO

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT
Gestão de Contratos de Transportes – GETRA – DR/SPM.
A metodologia de revisão de preços dos contratos de fornecedores, com base em indicadores de mercado com suporte informatizado foi desenvolvida e está sendo aperfeiçoada de forma a garantir a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro dos 330 contratos de serviços de transporte de terceiros. Desta forma, busca uma maior agilidade nos processos e informações confiáveis de forma a assegurar uma justa remuneração para a execução dos serviços com a qualidade necessária a um menor custo.

Responsável pela iniciativa
Nome: Kenzo Ricardo Kodama Cargo: Engenheiro responsável pela gestão contratos de transportes
Endereço: Rua Mergenthaler, 592 – Bloco II – 8° andar – Vila Leopoldina São Paulo – SP / CEP: 05390-900
Tel: (11) 3838-1824 Fax: (11) 3838-7802
e-mail: krkodama@correios.com.br

Clique aqui e veja iniciativa.

4º Lugar - BAIXA DE EMPRESA WEB

Instituto Nacional do Seguro Social – INSS
Coordenação Geral de Arrecadação – CGARREC.
Visando oferecer um serviço inteligente, eficiente, ágil e com maior qualidade ao contribuinte, a Diretoria de Arrecadação do INSS disponibilizou, em consonância com o Plano de Ação do Governo Eletrônico e o Programa Nacional de Desburocratização , o programa Baixa de Empresa Web, que viabiliza a emissão da certidão de baixa para fins de registro ou arquivamento no órgão próprio. Esse programa busca as informações contributivas da empresa e verifica a existência de restrições ou impedimentos nos diversos bancos de dados do INSS, disponibilizando, em tempo real, o resultado do processamento. Os contribuintes podem acessá-lo através da internet, no site da PrevidênciaSocial, e os servidores, através da intranet.

Responsável pela iniciativa
Nome: Maria Flávia de Lima Pontes Magalhães Cargo: Coordenadora de Gerenciamento da Arrecadação
Endereço: SAS Quadra 02 Bloco O sala 810, 8° andar Brasília-DF / CEP:70070-907
Tel: (61) 313-4427 Fax: (61) 313-4972
e-mail: Flavia.magalhaes@pb.previdenciasocial.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

5º Lugar - REDE NACIONAL DE AGENTES DE COMÉRCIO EXTERIOR - REDEAGENTES

Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior.
Projeto Redeagentes é fruto de parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior – MDIC, o Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, a Agência de Promoção das Exportações Brasileiras – APEX-Brasil e o Serviço Nacional de Aprendizagem – SENAI. O início da implementação se deu em agosto do ano 2000. Foi formada uma rede de Agentes de Comércio Exterior, presentes em todas as Unidades da Federação e capacitados pela Secretaria de Comércio Exterior. Estes profissionais têm como principais atribuições assessorar e treinar empresas de pequeno porte de forma gratuita, auxiliando a sua entrada no mercado internacional. Além das parcerias citadas em nível nacional, nos estados contamos com o apoio dos governos estaduais, SEBRAE, Federações de Indústrias, Correios, Banco do Brasil, Prefeituras, entre outros.

Responsável pela iniciativa
Nome: Sérgio Nunes de Souza Cargo: Coordenador Geral de Desenvolvimento de Programas de Apoio às Exportações e Gerente do Programa Cultura Exportadora – Avança Brasil Endereço: Esplanada dos Ministérios, bloco J – sala 926. Brasília-DF / CEP: 70053-900
Tel: (61) 329-7083 Fax: (61) 329-7467
e-mail: agentes@mdic.gov.br
sergios@mdic.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

6º Lugar - SISTEMA PONTO FOCAL – GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE INFORMAÇÕES SOBRE EXIGÊNCIAS TÉCNICAS

Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – Inmetro Coordenação Geral de Articulação Internacional – CAINT.
O Inmetro é o Ponto Focal para o Acordo sobre Barreiras Técnicas ao Comércio (TBT), como representante do Brasil na Organização Mundial do Comércio (OMC). O exercício desta atividade propiciou um acúmulo de informações sobre exigências técnicas, necessárias para inserção dos produtos industriais brasileiros nos mercados externos. A otimização do uso destas informações demandou o desenvolvimento de um sistema de gestão de informação. Para tanto, desenvolveu-se o Sistema Ponto Focal que é uma ferramenta de disseminação personalizada e pró-ativa de informações sobre Barreiras Técnicas às Exportações para o setor empresarial. Trata-se de um instrumento que auxilia o exportador no aprimoramento contínuo da qualidade e competitividade do produto brasileiro no mundo globalizado.

Responsável pela iniciativa
Nome: Annalina Camboim Cargo: Gerente do Ponto Focal de Barreiras Técnicas às Exportações
Endereço: Rua Santa Alexandrina, 416/5° andar – Rio Comprido Rio de Janeiro – RJ / CEP: 20261-232
Tel: (021) 2563-2817 Fax: (021) 2502-6542
acamboim@inmetro.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

7º Lugar - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL

Ministério do Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente Secretaria Executiva Em 1981, com a edição da Lei n° 6938, foi c riado o Sistema Nacional de Meio Ambiente – SISNAMA composto dos órgãos federais e estaduais responsáveis pela formulação e implementação das políticas de meio ambiente. No âmbito federal, o SISNAMA compõem-se do Ministério do Meio Ambiente – MMA e do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais – IBAMA; e nos Estados são integrantes os órgãos estaduais de meio ambiente. O licenciamento ambiental de qualquer atividade econômica e é obrigatória em todo o país, mas somente 6 (seis) desses órgãos ambientais estaduais possuem sistemas informatizados para acompanhamento da situação desses empreendimentos. Essa situação conduz a uma série de problemas gerenciais e administrativos entre empreendedores e governo; público e governo; empreendedores e sociedade. Até mesmo o Ministério Público ao requisitar informações sobre a situação de determinada atividade econômica não recebe dados com a presteza e confiabilidade necessárias. O Ministério do Meio Ambiente identificou entre os 6 sistemas existentes quais os que poderiam atender de modo adequado as lacunas dos demais 21 Estados. Realizadas três reuniões para o estabelecimento da cooperação interinstitucional do SISNAMA, foram cedidos os Sistemas CERBERUS, da Bahia, e o COSMOS, de Minas Gerais para utilização gratuita dos 21 Estados. A experiência (ou realidade) apresentada objetiva sanar a falta de informações administrativas e técnicas do publico em geral, dos empreendedores, dos governos municipais e federal sobre as atividades poluidoras licenciadas ou não no País, com redução de custos, simplificação e agilização de procedimentos, articulação de parceriais, estabelecimento de padrões de atendimento de serviços ao usuário.

Responsável pela iniciativa
Nome: Wilma do Couto dos Santos Cruz
Cargo: Coordenadora de Desenvolvimento Institucional do Programa Nacional do Meio Ambiente – PNMA II
Endereço: SAS – Quadra 5 – Bloco H – 3°. Andarv Telefone: (61) 325-3499 Fax: (61) 325-2626
e-mail: wilma.cruz@mma.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

8º Lugar - PROGRAMA PERMANENTE DE QUALIFICAÇÃO EM ATENDIMENTO E VENDAS - PPQAV

Caixa Econômica Federal –
CAIXA Diretoria de Administração da Rede de Vendas – DIARE e Diretoria de Recursos Humanos – DIREH
A CAIXA é o principal agente do Governo Federal para a operacionalização e repasse dos Programas Sociais, bem como é uma Instituição Financeira que busca a rentabilidade nas suas operações. Neste contexto o seu público é todo cidadão brasileiro que procura a CAIXA com as mais diversas expectativas, seja receber seus benefícios sociais, financiar um imóvel ou fazer investimentos. Com serviços e produtos diferenciados, a CAIXA carece de um atendimento, que considere e realize as diversas necessidades. O Programa Permanente d e Qualificação em Atendimento e Vendas – PPQAV compõe-se de um conjunto de ações com o objetivo de estabelecer padrões de atendimento, integradas e orientadas para consolidar o atendimento como estratégia prioritária na empresa, por meio da qualificação das equipes. Busca o atendimento qualificado, a identidade de atendimento CAIXA e o fortalecimento da relação com o Cliente.

Responsável pela iniciativa
Nome: Adriane Velloso / Janeth Dias Pinheiro
Cargo: Gerente de Padrões e Planejamento / Consultor interno
Endereço: Setor Bancário Sul, Quadra 04 – Lotes 3 / 4 – 4° andar Brasília/DF – CEP: 70.092-900
Tel: (061) 414-9050/414-9930 Fax: (061)414-9348
e-mail: adriane.velloso@caixa.gov.br/ janeth.pinheiro@caixa.gov.br

Clique aqui e veja iniciativa.

9º Lugar - EXPORTA FÁCIL – O SERVIÇO DE EXPORTAÇÃO DOS CORREIOS

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT
Administração Central.
Lançado em novembro de 2000, na cidade piauiense de Pedro II – escolhida por abrigar uma cooperativa de tecelãs que exporta tapeçaria para a Alemanha e pelas dificuldades envolvidas no processo exportador – o EXPORTA FÁCIL foi desenhado para facilitar a exportação de produtos de micros, pequenas, médias e grandes empresas, para mais de 200 países, nas vendas externas de até US$ 10 mil, por pacote de até 30 kg. As atividades relacionadas às exportações eram percebidas pelos clientes como extremamente burocráticas e com altos custos, pelo governo como um caminho para um País mais competitivo internacionalmente e para os Correios como uma oportunidade de se tornar um referencial de provedor de serviços e soluções para as empresas brasileiras que desejassem vencer no mercado internacional.

Responsável pela iniciativa
Nome: Alberto de Mello Mattos
Cargo: Chefe do Departamento de Operações e Negócios Internacionais
Endereço: SBN Quadra 1, Bloco A – 4° andar – Ed. Sede dos Correios / Brasília – DF
Tel: (61) 426-2110 Fax: (61) 426-2114

Clique aqui e veja iniciativa.

10º Lugar - SERVIÇO DE ANÁLISES CLÍNICAS EM SINTONIA COM O MEIO AMBIENTE

Hospital das Clínicas – UFPR
Serviço de Análises Clínicas – HC – UFPR
As atividades humanas são inerentemente poluidoras, os serviços de diagnóstico têm alcançado altos níveis de evolução tecnológica, mas os cuidados com os resíduos gerados não tiveram o mesmo ritmo de crescimento O Serviço de Análises Clínicas do Hospital de Clínicas da UFPR, preocupado com este panorama iniciou um projeto para valorização do meio ambiente contemplando a segregação de resíduos, que foram classificados de acordo com as normas vigentes em 2002 (resoluções CONAMA 05/93 e 283/01). A principal etapa do projeto foi o treinamento dos funcionários, padronização de lixeiras, avaliação dos resíduos, formação de um grupo de teatro e apresentação da peça “LIXO PRO LIXO”. Com o adequado gerenciamento dos resíduos, houve redução de envio à Coleta Hospitalar e i ncalculáveis ganhos ambientais.

Responsável pela iniciativa
Nome: Mônica Evelise Silveira
Cargo: Chefe do Serviço de Análises Clínicas – HC – UFPR
Endereço: Padre Camargo 280 – 1° andar – Curitiba/PR
Tel: (41) 360-1811 Fax: (41) 360-1811
e-mail: labhc@hc.ufpr.br

Clique aqui e veja iniciativa.